Como saber se tenho diabetes, quais os sintomas da diabete.

Como saber se tenho diabetes, existem sintomas da diabete alta, quais são os critérios para ser considerado um diabético ou um quadro de pré diabete.

São muitas dúvidas acerca do diabetes e como essa é a doença que mais cresce no mundo e está diretamente ligada a alimentação e estilo de vida seus números tendem a crescer cada vez mais.

E a única forma de mudar essa situação é informação e educação para diabete mostrar como evitar o diabetes que ao lado da hipertensão arterial matam milhões de pessoas no mundo.

A proposta do nosso site é justamente essa informar sobre diabetes e pressão alta, além de mostrar caminhos alternativos para que você consiga evitar ou ao menos viver bem com essas doenças.

➝ Leia tambémPrograma Controlando a hipertensão arterial.

O que é diabetes?

Diabetes é uma doença no metalismo que afeta a capacidade do organismo de produzir ou de utilizar de forma correta a insulina.

A insulina é um hormônio responsável por transportar o açúcar presente no sangue para as células transformando em energia.

A diabetes ocorre quando o nível de açúcar no sangue começa a aumentar isso pode acontecer de duas formas.

  • Quando o corpo passa a não produzir a insulina na quantidade correta.
  • Ou quando as células se tornam resistentes a insulina.

Em seguida começam a ser percebidos alguns sintomas da diabetes eles começam a aparecer em curto ou longo prazo levando em consideração cada individuo.

Existem quatro tipo de diabetes diferentes:

  • Diabetes tipo 1;
  • Diabetes tipo 2;
  • Diabetes gestacional;
  • E o pré diabético (esse precisa se cuidar para não se tornar diabético).

Mas o tipo e diabetes mais comum e também o mais preocupante é o diabetes tipo 2 o numero de diagnósticos do diabetes tipo 2 cresce anualmente de forma assustadora.

Os sintomas da diabetes são parecidos em todos esses casos mas existem também sintomas que diferenciam um do outro.

como saber se estou com diabetes

Como saber se tenho diabetes, quais os sintomas da diabetes?

Como já falamos a diabetes é caracterizada pelo aumento do nível de glicose ( açúcar ) no sangue o que é chamado e hiperglicemia.

O primeiro passo é fazer um exame de sangue para saber o nível de glicemia no sangue esse é uma principais formas de diagnosticar o diabetes.

Glicemia alta.

Atualmente segundo a Organização Mundial da Saúde e Sociedade Brasileira de diabetes existem alguns números que representam os níveis normais, alerta e de risco de diabetes.

  • Glicemia normal.
    Nível glicemia inferior à 100 mg/dL ( Em jejum ).
    Nível glicemia Inferior à 140 mg/dL ( Pós Jejum ).
  • Pré Diabético glicemia alta.
    Nível glicemia de 100 a 126 mg/dL ( Em Jejum ).
    Nível glicemia de 140 a 200 mg/dL ( Pós Jejum ).
  • Diagnóstico de Diabetes mellitus.
    Nível glicemia maior ou igual a 126mg/dL. (Em Jejum ).
    Nível glicemia maior ou igual a 200 mg/dL ( Pós Jejum ).

Quais os sintomas da diabetes.

sintomas do diabetes

Um censo sobre o diabetes feito no Brasil, esse censo mostrou que 50% das pessoas afetadas não tinham conhecimento que estavam com a doença.

Várias vezes essas pessoas só descobrem que estão com diabetes quando sofrem as complicações decorrentes da doença. Problemas como visão, rins, feridas que cicatrizam.

O censo também afirma que se manter dentro do peso saudável e a pratica de exercícios físicos é a melhor forma de prevenção, principalmente quando sentir os seguintes sintomas.

  • Excesso de sede.
  • Cansaço excessivo.
  • Urinar a toda hora.
  • Perda de peso diabetes tipo 1 ( principalmente massa magra).
  • Aumento de peso diabetes tipo 2 ( acumulo do gordura corporal ).
  • Dificuldade de cicatrização .
  • Excesso de fome.
  • Cetoacidose diabética.
  • Visão embaçada.
  • Infecções.

Excesso de sede devido a glicose alta.

Pessoas com diabetes urinam em excesso , isso pode levar a desidratação e a sede excessiva, esse é a principal defesa do organismo contra a desidratação.

Isso por que o diabético não tem controle de sua glicemia, principalmente aqueles que não sabem que tem diabetes ou que sabe mas não procura controlar.

O excesso de glicose no sangue aumenta quantidade de urina, essa urina excessiva faz com que o diabético fique desidratado o que pode ser tronar ciclo vicioso.

  • Glicose não baixa devido a diabetes.
  • Você urina mais devido a glicose alta.
  • A urina em excesso causa desidratação.
  • A você sente mais sede por que fica desidratado.

Cansaço crônico e excessivo.

diabetes sintomas

diabetes sintomas

O cansaço crônico também é um sintoma do diabetes e ocorre por dois motivos:

  1. O primeiro fator é a desidratação, já explicado no tópico acima.
  2. Segundo pela perda da capacidade das células em absorver glicose, glicose que é o principal combustível do nosso organismo a fonte de energia das células. Como já falei o hormônio responsável por esse processo é a insulina e no caso da diabetes tipo 1 não existe.

Portanto, a diabetes mellitus é caracterizada quando o organismo perde ou não tem a capacidade de transportar glicose do sangue para as células.

Reduzindo a produção de energia do corpo e deixando o individuo com a sensação de cansaço crônico.

Urinar em excesso pode ser um sintoma da diabetes.

Chamado na medicina de poliúria quando a pessoa urina em excesso é um dos primeiros sintomas da diabetes.

Nosso organismo em condições normais não apresenta glicose na urina pois ela chega aos túbulos renais é retido pelos e reabsorvido de volta para o sangue.

Mas quando existe uma elevação da concentração de glicose no sangue isso é considerado quando os níveis apresentados estão acima de 180/DL.

Nesse caso a quantidade de açúcar que chega aos rins é muito grande, e os rins não são capazes de reter a perda da glicose através da urina.

O rim dilui esse excesso de açúcar com água para poder elimina-lo do organismo, já que não podemos urinar açúcar.

Portanto quanto maior os níveis de glicemia mais alto será o nível de glicosúria e mais urina o diabético vai fazer.

  • Glicose: Concentração de glicose no sangue.
  • Glicosúria: Eliminação da glicose pela urina.

Perder peso pode ser sintoma de diabetes tipo 1.

Apesar de não ser muito frequente diabéticos do tipo 1 eles podem sofrer com perda de peso principalmente massa magra.

Isso por que o hormônio insulina também é responsável pelo acumulo de gordura assim como pela síntese da proteína no nosso organismo.

No caso da diabetes tipo 1 existem uma ausência total da produção de insulina isso impede o organismo de acumular gordura ( energia ) e produzir massa mara ( músculos ).

E como não existe a glicose na célula para gerar energia para o corpo, ela precisa vir da quebra de proteínas e gordura reservada no organismo.

Portanto pacientes com diabetes do tipo 1 por não serem capazes de produzir insulina não pode gerar músculos e nem gorduras.

Esses efeitos são menos evidentes em diabéticos do tipo 2 já que existe insulina sendo produzida e corrente no sangue.

Esse efeito pode ver a aparecer ao longo do tempo já que a resistência a insulina é um processo que ocorre lentamente.

O diabetes tipo 2 está mais associado ao excesso de peso do que a perda de peso, pois a obesidade está ligada a resistência à insulina sintoma do diabético tipo 2.

Aumento de peso sintomas da diabetes tipo 2.

quais os sintomas da diabeteNo caso da diabetes tipo 2 o organismo produz a insulina mas o organismo perde a capacidade de transportar a glicose do sangue para as células e produzir energia.

Nesse caso o cérebro manda uma mensagem para o organismo de falta de energia e aumenta a vontade de ingerir alimentos em forma de fome.

Como nos casos de diabetes tipo 2 o pâncreas ainda produz a insulina ela apenas não funciona corretamente. No entanto a insulina também é o hormônio responsável por acumulo de gordura e síntese da proteína.

Nesse ponto é que está o problema do aumento de peso. O diabético tipo 2 começa a ingerir mais alimentos devido a falta de energia. Toda a gordura é acumulada em forma de glicose e a glicose necessária ao organismo é eliminada na urina.

Neste caso quando o diabético tipo 2 come ele engorda, aumentando o peso e o acumulo de gordura, e como a insulina não tem a capacidade de transportar essa glicose para a célula cria um ciclo vicioso.

Dificuldade de cicatrização

Devido aos altos níveis de glicose no sangue ocorrendo de modo crônico é causado diversos disturbios metabólicos no organismo.

Um deles é a dificuldade na cicatrização de machucados e feridas, isso por que, ocorre uma diminuição das células responsáveis por reparar os tecidos feridos.

Fome em excesso sintoma do diabetes tipo 2.

fome em excesso sintoma de diabetes

Outro problema relacionado a dificuldade da insulina em transportar a glicose do sangue para a célula é o excesso de fome.

Já que o corpo precisa de energia para funcionar e essa energia não vem em forma de glicose o cérebro entende que o diabético esta em jejum.

Esse é um dos fatores que levam ao ganho de peso no diabético tipo 2.

Ele ingere o alimento porém o corpo não aproveita essa energia gerada pois a glicose é perdida na urina e ele sente mais fome

Ao contrario do diabetes tipo 1 que em uma fase inicial sente um aumento da fome porém a longo prazo em fases mais avançadas da doença ele pode essa fome o que faz ele perder peso.

Cetoacidose diabética.

A cetoacidose diabética ocorre nas pessoas que tem diabetes do tipo 1.

Com a perda de peso e como o organismo precisa produzir energia e para isso ele recorre a quebra de proteínas dos músculos e as reservas de gordura do organismo.

E como isso o organismo cria um processo de produção de energia alternativa, isso faz com que seja produzidos muitos ácidos que são chamados de cetoácidos.

Com o aumento dos níveis de cetoácidos, os níveis de PH do sangue tendem a diminuir o que pode levar a morte.

Alguns sintomas do níveis altos de cetoácidos é:

  • Dor abdominal.
  • Vômitos.
  • Falta de ar.

Visão embaçada pode ser um sintoma de diabete.

Altos níveis de glicose no sangue podem causar inchaço no cristalino. Esse inchaço pode fazer a visão ficar fora de foco com a impressão de vista embaçada.

Em casos mais extremos alguns pacientes podem ser levados a cegueira.

Infecções devido o acumulo de açúcar.

Devido aos distúrbios causados pelos altos níveis de açúcar no sangue, aliado a outros sintomas da diabetes já apresentados acima as células de defesa do organismo também sofrem.

Se as células de defesa do organismo não funcionam corretamente , o funcionamento do sistema imúnológico fica comprometido e prejudicado.

Isso faz com que o diabético fique mais vulnerável a infecções de diversos tipos como na pele e urinárias.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (7 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × cinco =